Imagem: Freepik

Pessoas totalmente vacinadas não precisam mais usar máscara nos EUA

A autorização do CDC foi dada no momento em que o país segue ritmo rápido de vacinação, com aproximadamente metade da população imunizada

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos decidiu que americanos totalmente vacinados contra a Covid-19 não precisam mais usar máscaras ou seguir o distanciamento social de 1,8 metro na maioria dos lugares.

A decisão foi divulgada pela médica Rochelle Walensky, diretora do CDC, durante coletiva de imprensa na Casa Branca, nessa quinta-feira (13/5), e faz parte das novas diretrizes de segurança do país para o enfrentamento da pandemia.

“Se você está completamente vacinado, pode começar a fazer coisas que parou de fazer por causa da pandemia. Todos nós ansiamos por este momento, quando podemos voltar a algum senso de normalidade”, disse a diretora do CDC.

O órgão recomenda que as pessoas aguardem duas semanas após a aplicação da segunda dose dos imunizantes da Pfizer/BioNTech e Moderna ou da dose única da Johnson & Johnson para que a vacina tenha seu efeito garantido e seja seguro relaxar com o uso da máscara.

A obrigatoriedade ainda deve ser aplicada em casos específicos, como ambientes de saúde ou em uma empresa que a exija, e durante viagens de aviões, ônibus, trens e outros meios de transporte público.

Para as pessoas não vacinadas, o uso da proteção continua necessário. Walensky destacou que sem o imunizante, elas ainda correm o risco de desenvolverem a doença nas formas leves ou graves e de espalhar o coronavírus para outras pessoas.

“Este é um momento emocionante e poderoso, que só pode acontecer devido ao trabalho de tantos que garantiram que tivéssemos a administração rápida de três vacinas seguras e eficazes”, disse a médica, acrescentando que sempre há uma chance de o CDC mudar as orientações novamente caso a pandemia piore ou outras variantes surjam.

Vacinação em ritmo acelerado

Até a quinta-feira, mais de 154 milhões de americanos, o equivalente a 47,1% de toda a população do país, havia recebido ao menos uma dose da vacina contra Covid-19. Aproximadamente 118 milhões de pessoas (36,3% da população) estão totalmente vacinadas, segundo o monitoramento Our World in Data, projeto feito em parceria com a Universidade de Oxford.

O presidente Joe Biden estabeleceu como meta vacinar 70% dos adultos com ao menos uma dose até o Dia da Independência, comemorado em 4 de julho, para poder realizar reuniões ao ar livre com segurança. A data é uma das mais simbólicas para os americanos.

Metropoles