Vídeo: Homem morre após ficar preso dentro de estátua de dinossauro – Porto Alegre 24 horas

Vídeo: Homem morre após ficar preso dentro de estátua de dinossauro

A polícia suspeita que a vítima tenha entrado no estegossauro de papel machê para recuperar o seu telefone celular e não consigo sair de lá depois disso
Foto: Reprodução

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A polícia da Catalunha está investigando a morte de um homem de 39 anos que teria ficado preso dentro de uma estátua de dinossauro enquanto tentava recuperar seu telefone celular. Os oficiais foram chamados ao local na tarde de sábado, 22, depois que um homem e seu filho perceberam que havia algo dentro do estegossauro de papel machê. O corpo de bombeiro foi chamado para ajudar a cortar a estátua para que o corpo do homem não identificado pudesse ser removido.

O incidente aconteceu em Santa Coloma de Gramenet, uma cidade próxima de Barcelona. “Encontramos o corpo de um homem dentro desta estátua de dinossauro. É uma morte acidental; não houve violência. Esta pessoa entrou na perna da estátua e ficou presa. Parece que ele estava tentando recuperar um telefone celular, que ele deixou cair. Parece que ele entrou na estátua primeiro e não conseguiu sair.

Ainda estamos esperando os resultados da autópsia, então não sabemos quanto tempo ele ficou lá, mas parece que ele ficou lá por alguns dias”, afirmou a porta-voz da polícia, Mossos d’Esquadra. De acordo com a imprensa local, o homem tinha sido dado como desaparecido por sua família poucas horas antes do seu corpo ser encontrado. A emissora de televisão britânica BBC afirma que a estátua de dinossauro foi removida do local onde tinha colocada como anúncio de um cinema próximo que está fechado. (Jovem Pan)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade