Covid-19: China não relata novos casos locais pela 1ª vez desde julho – Porto Alegre 24 horas

Covid-19: China não relata novos casos locais pela 1ª vez desde julho

Rigorosas medidas voltaram a ser adotadas no país
Foto: reprodução

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Mais de 1.200 infecções foram confirmadas, em um surto que autoridades disseram ter sido impulsionado principalmente pela variante Delta, altamente transmissível e procedente do exterior, que provocou um foco no fim de julho em Nanjing, cidade do leste chinês.

Nenhuma morte foi relatada durante o surto, que levou autoridades de todo o país a impor medidas antiepidêmicas, como exames em massa de milhões de pessoas para identificar e isolar portadores, além de restrições de viagens de graus variados.

Economistas dizem acreditar que as medidas reduzirão o crescimento da segunda maior economia do mundo no trimestre que se encerra em setembro.

Em toda a China, os novos casos diários caíram para um único dígito na semana passada, após baterem um pico no início de agosto.

A partir do fim de semana, autoridades suspenderam lockdowns em algumas áreas de Pequim, assim como nas cidades de Wuhan e Jingmen, localizadas na província central de Hubei, depois de isolarem algumas áreas para conter o vírus. Sichuan permitiu que agências de viagem retomassem passeios fora da província, mas vetando locais ainda considerados em risco.

Xangai, contudo, sujeitou centenas de pessoas a uma quarentena no fim de semana, após relatos de novas infecções.

Agencia Brasil

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade