Foto:

Homem mumifica corpo da mãe e esconde no porão para continuar recebendo aposentadoria

Em depoimento, o filho disse que tentou preservar o corpo da mãe usando gelo e envolveu o corpo em bandagens para absorver qualquer fluido corporal

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Um homem mumificou a mãe, de 89 anos, que morreu há mais de um ano, para continuar recebendo os benefícios dela, em Innsbruck, na Austrália. A polícia local descobriu o corpo da mulher no porão da casa no último sábado (4). Conforme o homem, de 66 anos, a mulher teria morrido de velhice em junho do ano passado.

De acordo com o depoimento do filho da vítima, no início, ele tentou preservar o corpo da mãe usando gelo e envolveu o corpo em bandagens para absorver qualquer fluido corporal. “Quando ele ficou sem todas essas coisas, ele cobriu sua mãe com areia de gato e, finalmente, o cadáver foi mumificado”, disse Helmut Gufler, encarregado da unidade de fraude da previdência social, à emissora pública ORF.

Durante o tempo em que o corpo estava escondido, outro filho da mulher chegou a ir até a casa, mas foi informado pelo irmão de que a idosa estava no hospital. Segundo a polícia, ele resolveu não visitá-la no suposto hospital porque presumiu que ela não o reconheceria devido à sua demência.

Conforme o jornal Sky News, o homem que morava com a mãe recebia a pensão e o auxílio-assistência pelo correio todos os meses. Em uma das entregas, o carteiro pediu para ver a idosa. O suspeito recusou a solicitação e foi denunciado às autoridades.

A polícia foi até a casa do suspeito e encontrou o corpo mumificado no porão. O homem foi acusado de fraude de benefícios e de esconder um cadáver. No total, o filho teria recebido cerca de € 50.000 (cerca de R$ 308 mil) após a morte da mãe.

Uma autópsia está sendo realizada no corpo, mas os policiais disseram que não há indícios de negligência de terceiros.

Via IstoÉ