Em situações opostas no Brasileirão, Internacional e Coritiba se enfrentaram na tarde deste domingo (8), pela 20ª rodada, a primeira do returno, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Com o resultado final de 2 a 2, o Colorado chegou aos 38 pontos mantendo-se na primeira colocação, porém terá que torcer por um empate entre Atlético-MG e Flamengo, que ainda se enfrentam na rodada. Mesmo com o empate, o Coxa chegou aos 20 pontos, saltado para a 14ª colocação deixando a zona rebaixamento.

INÍCIO DE JOGO TRUNCADO COM APENAS UM BOA CHANCE PARA O COXA

Precisando o resultado para se deixar a zona de rebaixamento na competição, o Coritiba sabia da necessidade de manter-se atento a qualquer investida por parte do Internacional. Com isso, a equipe de Rodrigo Santana tentou não aliviar nos primeiros movimentos ficando mais fechada, porém conseguindo até finalizar contra o gol de Marcelo Lomba, em um primeiro chute de Robson sem direção e, momentos mais tarde, Ricardo Oliveira deu o primeiro susto nos donos da casa com Ricardo Oliveira, com o camisa 9 mandando a bola na trave.

AOS POUCOS, INTER TOMA CONTA E PASSA A ARRISCAR MAIS

Sem querer ser surpreendido pelo rival, a equipe de Coudet foi ganhando mais espaço em campo conseguindo chegar mais em seu campo de ataque. Aos 17 minutos, após um desvio de Matheus, a bola acabou ficando viva na área fazendo com que Wilson afastasse o perigo para longe, criando uma boa chance para o time do Rio Grande do Sul.

Na sequência, aos 20, outra vez o Inter apostou em uma jogada área. Desta vez, foi Heitor quem fez o cruzamento, conseguindo encontrar Lindoso em boas condições, mas o meia acabou cabeceando para baixo fazendo com que a bola quicasse no gramado e subisse, perdendo uma grande chance.

INTER INSISTE NA JOGADA AÉRA E YURI ALBERTO ABRE O MARCADOR

Após investir mais em seu campo de ataque jogando a bola na área do adversário, finalmente a ação surtiu efeito. Aos 32 minutos, após novo cruzamento de Heitor, o atacante Yuri Alberto acabou ganhando da marcação mandando de cabeça para o fundo das redes. 1 a 0.

CORITIBA MARCA LOGO NO COMEÇO DO SEGUNDO TEMPO

Voltando com outra postura na última etapa do confronto, o Coritiba não perdeu tempo e tratou logo de deixar tudo igual no Beira-Rio. Giovanni Augusto, com apenas 1 minuto no relógio, aproveitando tabela com Neilton, entrou na área para bater pro fundo do gol. 1 a 1.

SITUAÇÃO DO COLORADO COMPLICA COM EXPULSÃO DE HEITOR

Já na bastou ter sofrido o tento de igualdade, a equipe de Coudet ainda perdeu Heitor expulso. Após consulta ao VAR em uma falta do lateral, o árbitro acabou expulsando o atleta ao aplicar o segundo amarelo.

ALTERAÇÕES SURTEM EFEITO E INTER FICA NOVAMENTE EM VANTAGEM

Com os problemas enfrentado logo no início, Eduardo Coudet então optou por duas trocas, colocando Rodinei e Nonato no jogo. E deu certo. Em uma primeira tentativa, o camisa 33, após jogada iniciada por Patrick que puxou o contra-ataque, arriscou um chute que acabou sendo prensado pela defesa rival, sobrando para o meia bater com força sem chances para Wilson. 2 a 1

COLORADO TENTA AMPLIAR O MARCADOR, MAS ACABA SOFRENDO NOVO EMPATE

Embalado pelo tento, a equipe local não quis saber de ceder espaços ao time paranaense. Com isso, em duas boa chegadas, sendo a primeira com Patrick mandando a bola na trave e, na sequência, Abel Hernández arriscando sem direção para o gol, acabaram desperdiçando a chance de marcar mais um.

Percebendo o Inter melhor no jogo, Rodrigo Santana então recuou aos seus suplentes pela primeira vez. Em três mudanças aumentando seu poder de ataque, aos 28 minutos a recompensa veio, porém com Sabino, após cobrança de escanteio, fazendo com que o zagueiro conseguisse desviar para o gol. 2 a 2.

MINUTOS FINAIS COM EMOÇÃO

Até os acréscimos dado pelo árbitro, foram poucas as investidas dos dois times. Apenas tentando segurar o resultado, o Coxa ainda conseguiu aparecer mais em seu campo de ataque, fazendo com que o Colorado não tivesse forças para tentar um último contra-ataque, fechando o duelo em um empate amargo para o clube gaúcho.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 2×2 CORITIBA

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 08/11/2020 – 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (CBF-ES)

Assistentes: Fabiano da Silva (CBF-ES) e Vanderson Antonio Zanotti (CBF-ES)

VAR: Pablo Ramón Gonçalves Pinheiro (CBF-RN)

Cartões amarelos: Heitor e Musto (INT)/ Rodrigo Muniz, Yan Sasse e Rodolfo Filemon (COR)

Cartões vermelhos: Heitor (INT)

Gols: Yuri Alberto (aos 32’/1ºT) e Nonato (aos 12’/2ºT) (INT)/ Giovanni Augusto (aos 1’/2ºT) e Sabino (aos 28’/2ºT) (COR)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso (Musto, aos 38’/2ºT), Edenílson e Patrick; Marcos Guilherme (Nonato, aos 9’/2ºT), Yuri Alberto (Rodinei, aos 9’/2ºT) e Abel Hernández. Técnico: Eduardo Coudet.

CORITIBA: Wilson; Jonathan, Rodolfo Filemon (Henrique Vermudt, aos 27’/2ºT), Sabino e Mattheus Oliveira (Yan Sasse, aos 27’/2ºT); Hugo Moura, Matheus Sales e Giovanni Augusto (Ramón Martínez, aos 42’/2ºT); Neilton (Nathan, aos 27’/2ºT), Robson e Ricardo Oliveira (Rodrigo Muniz, aos 35’/2ºT). Técnico: Rodrigo Santana.

Fonte: Lance!