Segundo a Brigada Militar, redução de policias não prejudicou municípios

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp





Com o aumento incessante da criminalidade em Porto Alegre e região metropolitana, 350 policiais foram deslocados de cidades do interior do estado para atuar na capital. O Comandante Geral Da Brigada Militar Andreis Dal’Lago explica que apesar da redução do número de agentes, não houve crescimento dos índices de criminalidade nos municípios do interior. “Onde tem o latrocínio é neste eixo. A tropa que veio para a região metropolitana é a troca reserva e estou monitorando as cidades diariamente”, disse Dal’Lago.

Um fator que ainda preocupa é o baixo número de policiais militares em alguns municípios do Rio Grande do Sul. Segundo o comandante, a situação ainda não é a ideal, mas vem melhorando gradualmente. A decisão reforçar o policiamento na capital foi tomada após Porto Alegre figurar entre as 10 cidades mais violentas do mundo em 2016. (Band RS)