Professores preparam nova greve contra o parcelamento de salários

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp





Do Jornal Já – O CPERS Sindicato está convocando a todos os professores da rede pública estadual para uma Assembléia Geral nesta terça-feira, 1.  Terá início às 10 h, em frente ao Palácio Piratini.

“Diante da afronta do governo Sartori em parcelar pela 20ª vez os nossos salários, com o agravante da primeira parcela ser de apenas R$ 650,00, nossa resposta será a greve”, diz a nota do sindicato.

“Não vamos aceitar calados o constante desrespeito deste governo, que sequer respeita a decisão liminar do Supremo Tribunal Federal – STF, a qual proíbe o parcelamento dos salários dos servidores”.



“A partir de agora, se os salários não forem pagos no último dia de cada mês, cruzaremos os nossos braços e entraremos em greve”.

Para esta segunda-feira (31), a orientação do Sindicato é a de que os educadores recebam os estudantes e expliquem os motivos pelos quais as atividades devem ser paralisadas a partir de terça-feira. “É fundamental que a comunidade escolar tenha o devido esclarecimento sobre os ataques do governo aos diretos dos professores e funcionários de escola”.

“Nossa categoria deve estar em peso na Assembleia, em frente ao Palácio Piratini, para darmos a resposta à altura que este governo merece. Não vamos aceitar esmolas, exigimos nossos salários pagos em dia e na sua integralidade”, afirma a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.