Tricotaço Solidário rende mais de mil peças trocando lazer por doações na Capital – Porto Alegre 24 horas

Tricotaço Solidário rende mais de mil peças trocando lazer por doações na Capital

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp





A Campanha do Agasalho reuniu mais de mil pessoas no Parque Marinha do Brasil, neste domingo (30), em Porto Alegre. O Tricotaço Solidário, evento promovido pelo governo  estadual, ofereceu show e lazer gratuito para o público. Ao longo da tarde, uma oficina com 15 tricoteiras da Casa do Artesão ensinaram o ofício para  mais de cem pessoas interessadas. O Sindilojas Porto Alegre doou 400 pares de agulhas e 800 novelos de lã. Mais de mil itens  foram doados à Campanha do Agasalho.

A proposta era que as pessoas pudessem confeccionar roupas como cachecol, toucas ou blusões com as próprias mãos e também doar agasalhos, alimentos não perecíveis e materiais de higiene.

A secretária do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, compareceu ao local e interagiu com os participantes. “Queremos motivar as pessoas a contribuir com quem mais precisa. Sabemos que o frio deu uma trégua, mas o inverno está aí e o frio retorna. Precisamos estar preparados”, salientou a secretária Maria Helena. O frio deve retornar ao Rio Grande do Sul.



A atividade é um gesto simbólico para estimular as doações. A Central de Doações da Defesa Civil precisa de roupas e calçados para adultos e, principalmente, para crianças, como também, roupas de cama, toalhas, colchões, cobertores, alimentos não perecíveis e leite em pó. O material será repassado para prefeituras e entidades sociais de todo o estado. Dados da última terça-feira (25), apontam que a campanha arrecadou mais de 270 mil itens, entregues a 95 municípios e 54 ONGs.

Tereza da Silva, de 65 anos, foi uma que aproveitou a chance de aprender a tricotar. “Sempre tive vontade de fazer uma atividade artesanal como essa. Adorei a experiência”, disse a aposentada que tricotou e doou uma manta para a campanha.

O Tricotaço Solidário foi feito em parcerias com o governo do Estado, desde a distribuição das agulhas até a montagem do palco. Os artistas não cobraram cachê. O evento tem apoio de Sindilojas Porto Alegre, Grupo Zaffari, Cabify, Celulose Rio Grandense, HITS, Master Palco, Combat, Tecnisan, Unimed Porto Alegre, SPR e Impacto Vento Norte. A Campanha do Agasalho 2017 tem como tema “Quem doa dá força”. É uma iniciativa da Casa Militar, do Gabinete de Políticas Sociais e da Secretaria de Comunicação.



Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade