Indústrias de suínos vão suspender abates no RS se permanecerem os bloqueios nas estradas – Porto Alegre 24 horas

Indústrias de suínos vão suspender abates no RS se permanecerem os bloqueios nas estradas

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp





O setor exportador de suínos deve suspender abates no Rio Grande do Sul a partir de segunda-feira, caso os bloqueios em rodovias permaneçam. A afirmação é do presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Suínos do Rio Grande do Sul, José Roberto Goulart. Ele informa que com os bloqueios em 15 pontos das principais rodovias gaúchas, as indústrias não estão conseguindo escoar a produção e, com as câmaras frigoríficas e contêineres lotados, não têm como receber mais animais. “Algumas indústrias já reduziram o ritmo de abate, mas com a impossibilidade de enviar os contêineres para os destinos, e de receber os vazios, a solução será a suspensão dos processos”, afirma Goulart.

Outro problema, segundo o dirigente, é o custo de logística de exportação. As empresas contratam o serviço de logística e, mesmo que os contêineres não cheguem ao porto, os valores contratados devem ser honrados. Além disso, as indústrias deixam de cumprir compromissos com os importadores, o que implica em um risco muito alto para a credibilidade do país no mercado internacional.

Os caminhoneiros protestam desde segunda-feira contra o fim da isenção de PIS/Cofins sobre os combustíveis, que acarretou no aumento do preço. Já existem mandados de segurança sendo expedidos para a reintegração de posse das rodovias. O setor de suínos movimenta mensalmente 600 contêineres nas rodovias gaúchas, o que representa 16 contêineres ou quatrocentas toneladas de carne suína por dia. (O Sul)




Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade