Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp




A ponte que liga os municípios de Imbé e Tramandaí, muito utilizada por turistas que visitam as praias do litoral norte do estado, está em situação bastante crítica. É o que afirma o prefeito de Imbé, Pierre Emeri, que foi até Brasília, na última semana, solicitar auxílio da bancada gaúcha no Congresso.

De acordo com o prefeito, após reclamações da população, um estudo constatou que a ponte Giuseppe Garibaldi precisa de reformas. “Técnicos da prefeitura juntamente com Corpo de Bombeiros começaram a fazer uma inspeção na ponte mais aprofundada. Para a nossa supresa, verificamos que, realmente, em muitos locais a ponte está comprometida. Ela precisa de uma restauração urgente”, afirma o prefeito.


O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), responsável pela manutenção da ponte, foi notificado a respeito da situação. A resposta foi a colocação de escoras de madeira para reforçar a estrutura. Em Brasília, uma reunião com deputados e senadores gaúchos mostrou a situação atual da ponte, a partir dos estudos realizados pela prefeitura.

Neste encontro, um ofício foi redigido pelos parlamentares. O documento solicita que o DAER apresente um laudo sobre a estrutura. Para que a partir deste laudo, as medidas de restauração ou a construção de uma ponte alternativa sejam feitas.

De acordo com Pierre, o DAER alega não ter recurso para estas obras. O que ele espera é uma abordagem diferente do assunto, por parte do governo do estado: “A gente espera que o governo do estado aja não como está fazendo agora, que o escoramento é de madeira, porque ainda há tempo antes do período de veraneio, e que não deixe para fazer uma eventual reforma prestes a entrada da temporada de verão, que seria um caos no litoral”

Até o fechamento desta reportagem não obtivemos uma resposta do DAER a respeito da precariedade da ponte e a realização do laudo solicitado pelos parlamentares. (Band RS)