Centro da Juventude promove atividades de verão para 69 jovens da Restinga

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp





Com férias escolares e poucas opções de atividades nesse período, os Centros da Juventude (CJs) promovem ações de lazer para os jovens de 15 a 24 anos atendidos pelo Programa de Oportunidades e Direitos (POD). Os dias quentes e ensolarados permitem que eles aproveitem o tempo livre entre as aulas dos cursos e oficinas para se divertirem nos parques, piscinas e outros locais de entretenimento.

Nesta quinta-feira (11), uma turma de 69 jovens do Centro da Juventude Restinga (Porto Alegre) caiu na água para se refrescar do calor de mais de 30 graus. Acompanhados por oito educadores, eles passaram o dia no Itapema Park, em Alvorada. A atividade também contou com jogos, recreação e lanches saudáveis para garantir energia extra.




Para Luis Eduardo Barbosa, de 20 anos, que cursa informática no CJ, a atividade ajuda a enfrentar o calor e aproxima os colegas. “É demais poder participar desses passeios. Todo mundo se divertindo”, disse. Ele ressaltou que os CJs são importantes para que os jovens pensem no futuro e busquem melhores oportunidades. “Estou me preparando para conseguir um emprego bom, uma vida melhor. E tudo isso vem junto com diversão. Assim que é bom”, concluiu.

Liciane de Freitas, de 20 anos, frequenta as oficinas do CJ e afirma que as atividades externas dão ainda mais ânimo para encarar as dificuldades da vida. “No CJ tenho apoio para enfrentar o momento difícil que estou passando, para me reerguer. Quero estudar, trabalhar, estou aprendendo bastante e esses passeios também são muito bons para divertir, fazer amigos, distrair”, destacou.




As palavras da jovem mostram que os objetivos dos CJs estão sendo atingidos. Para o coordenador do CJ Restinga, Pablo Geovani dos Santos, as atividades lúdicas, externas, recreativas, ajudam a “quebrar o gelo” e a fortalecer vínculos. “Nos faz criar um clima de harmonia e atingir rápida e efetivamente os resultados, que é criar uma cultura de paz e melhorar a qualidade de vida dos jovens”, explicou.

Contato com a natureza

Na sexta-feira (5), foi a vez de 45 jovens do CJ Lomba do Pinheiro (Porto Alegre) fazerem um passeio. Eles passaram o dia no Parque Gabriel Knijnik, no bairro Vila Nova. Teve piquenique, atividades esportivas, recreação e integração entre as turmas.

A área de preservação, com diversas espécies da fauna e flora nativas e árvores frutíferas, garantiu o contato com a natureza e momentos divertidos nas trilhas, no slackline, além de jogos de futebol, vôlei, brincadeiras e roda de conversa.




Erick William Peruffo da Silva, de 16 anos, contou que as atividades aproximam os colegas. “Além de conhecer um lugar diferente da cidade, a gente tem um contato maior com os outros jovens”, disse. Andressa Souza e Souza, de 20 anos, também aproveitou para aprender mais. “Conheci várias coisas da natureza, plantas, animais. O passeio foi ótimo porque a gente saiu um pouco do ambiente que estamos acostumados, fizemos caminhada, churrasco”, ressaltou.

Nos próximos dias, os jovens da Lomba do Pinheiro também participarão de gincanas esportivas, visitas a pontos de interesse e turísticos, passeios, palestras, oficinas.

Ação solidária

No dia 27 de janeiro, o CJ Rubem Berta vai promover uma ação recreativa de verão com foco na solidariedade. Das 10h às 16h, quem for até a Praça México poderá participar de diversas atividades e ainda contribuir com alimentos não perecíveis e ração para animais. O material arrecadado será doado a instituições beneficentes.