Alex Rocha/PMPA

Covid-19: divulgados dados do monitoramento nas escolas de Porto Alegre

Informações são de responsabilidade das secretarias municipais de Saúde e de Educação.

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Dados do monitoramento nas escolas de Porto Alegre em relação ao coronavírus foram publicados nesta segunda-feira (9) na edição semanal do boletim. No total, 13.953 alunos, 2.807 professores e 3.026 funcionários integraram atividades presenciais até 31 de outubro. O documento mostra que 262 instituições de ensino preencheram o formulário e reportaram a investigação de 271 funcionários, 250 alunos e 208 professores com testes para verificar a presença de Covid-19.

Desses totais, 425 testes tiveram resultado negativo, 41 positivo (dos quais 19 professores, 12 alunos e 11 funcionários), 77 estão em investigação e houve 93 recusas de coleta, quando a escola não tem autorização formal dos responsáveis para coletar no local. Nesses casos, a coleta é feita em qualquer posto da rede municipal ou os alunos ficam afastados por dez dias. A proporção de casos confirmados sobre o total de pessoas em atividades presenciais é de 0,68% professores, 0,36% funcionários e 0,13% alunos.

As informações são de responsabilidade das secretarias municipais de Saúde (SMS) e de Educação (Smed), com base em formulário preenchido semanalmente pelas instituições de ensino, no monitoramento das equipes da saúde a partir da Central de Monitoramento das Escolas e da Vigilância Epidemiológica, além de bancos de dados do sistema de notificações.

Situação na Capital

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) registrou o total de 47.615 casos confirmados de pacientes com coronavírus em Porto Alegre até esta segunda-feira (9). Entre estes, 42.459 pessoas se recuperaram da doença e 1.345 morreram. Também foram registrados 127.581 casos negativos e outros 7.496 estão em análise.

Os serviços de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) estavam, até às 20h, com 228 casos confirmados de Covid-19, um deles na pediatria. Há também 25 casos suspeitos de adultos e três infantis.

Fonte: O Sul