Porto Alegre passa de 1.500 mortos por coronavírus – Porto Alegre 24 horas
Porto Alegre
Foto: Maria Ana Krack/PMPA

Porto Alegre passa de 1.500 mortos por coronavírus

Escolas não impactam na saúde, segundo secretário de Educação.

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) registrou o total de 55.772 casos confirmados de pacientes com coronavírus em Porto Alegre até esta quinta-feira (26). Entre estes, 47.030 pessoas se recuperaram e 1.511 morreram. Também foram registrados 155.715 casos negativos e outros 12.360 estão em análise.

Os serviços de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) estavam, até as 21h, com 262 casos confirmados de Covid-19 em adultos e um em pediatria. Há também 16 casos suspeitos de adultos e quatro infantis.

Escolas não impactam na saúde, diz secretário

A prefeitura apresentou dados e ações de acompanhamento das instituições de ensino em uma live nesta quinta-feira. Entre as ferramentas utilizadas como referência de informação e orientação estão o site Volta às Aulas, o guia de orientação das escolas e o boletim semanal, que está na quinta edição e mostra um panorama da situação do coronavírus nas instituições.

O secretário municipal de Educação, Adriano Brito, agradeceu o trabalho realizado nas escolas para seguir os protocolos de saúde, garantindo o correto acompanhamento dos casos de Covid-19, quando surgem. “A volta às aulas ocorreu sem impactar diretamente o setor de saúde, importante garantir que o processo não seja interrompido”, afirma.

Conforme o secretário-adjunto de Saúde, Natan Katz, é importante que os locais de ensino preencham semanalmente o formulário de monitoramento, disponibilizando o acesso das informações pela Central Escolas e demais equipes de saúde. Dados do boletim semanal de monitoramento mostram um acréscimo na participação de alunos, professores e funcionários em atividades presenciais, mantendo um baixo número de casos confirmados da doença: um aluno a cada 1,2 mil em sala de aula e um em cada 200 professores e funcionários.

Entre as novidades, Katz anunciou a aquisição de um novo tipo de exame, chamado RT-Lamp, para identificar a presença de Covid-19 com resultados em apenas 24 horas. A utilização de tais exames ficará disponível àqueles que fizerem o teste em ambiente escolar a partir da próxima semana. “As escolas são locais seguros de baixa transmissão do vírus e o trabalho conjunto com as equipes de saúde pretende garantir resultados rápidos e mais eficiência para reduzir a transmissão do vírus”, comenta o secretário.

Avaliações semanais das equipes da Secretaria Municipal de Saúde e visitas de observação da Diretoria-Geral de Vigilância em Saúde nas escolas apontam que os protocolos vêm sendo aplicados corretamente. A live contou com a participação de representantes do Sindicreches (Sindicato Intermunicipal dos Estabelecimentos de Educação Infantil do Estado do Rio Grande do Sul), Sinepe/RS (Sindicato do Ensino Privado), CMDCA (Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente) e 1ª CRE/RS (Coordenadoria Regional de Educação). (O Sul)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade