Decreto proíbe permanência em parques e praças de Porto Alegre

Decreto proíbe permanência em parques e praças de Porto Alegre

Brigada Militar deverá ser responsável pela fiscalização destes locais.
Foto: Leonardo Contursi / CMPA

Compartilhe esta notícia

Nesta quarta-feira, 2, a prefeitura edita decreto com novos regramentos para o combate ao coronavírus. O horário do comércio de rua e shoppings será ampliado, em relação ao decreto atual do município, e seguirá os mesmos termos do governo do Estado, até as 20h. Já os restaurantes, bares e similares terão horário mais restrito do que é hoje na Capital, até às 22h, caso o decreto estadual mantenha este regramento.

O Município entende a intenção do Estado em restringir o horário de funcionamento e concorda com o momento epidemiológico da decisão, mas está atento às possibilidades de flexibilizações dessa medida pela repercussão econômica negativa no setor.

A permanência em parques e praças também deverá seguir a mesma regra do Governo do Estado, embora imponha dificuldades práticas. A prefeitura solicitará que a fiscalização fique sob responsabilidade da Brigada Militar. A Capital conta com mais de 600 praças e parques. (PMPA)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade