Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

A jornalista chinesa independente Zhang Zhan foi condenada nesta segunda-feira por um tribunal de Xangai pela cobertura do início da pandemia de covid-19 na cidade de Wuhan, considerada o marco zero da pandemia do coronavírus.

De acordo com o tribunal, a jornalista foi considerada culpada por ter recolhido litígios e provocado problemas com a divulgação de fatos da pandemia e deve pegar quatro anos de prisão.

No início da pandemia, a jornalista usou as redes sociais para informar á população sobre a situação caótica dos hospitais, enquanto as autoridades de Pequim se esforçavam para manter um controle rígido das informações para os cidadãos e organizações internacionais.

Em sua defesa, a jornalista disse que o governo não forneceu informações suficientes para as pessoas e simplesmente bloqueou a cidade, numa grave violação aos direitos humanos.

Além de Zhang, outros três jornalistas do país foram presos por divulgarem informações sobre a pandemia de covid-19 na China. (Metro)