Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Os trabalhadores têm até amanhã, quinta-feira (31/12), para solicitar o saque emergencial de até um salário mínimo (R$ 1.045) do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Se não houver resgate, o dinheiro retorna para o saldo do fundo.

A disponibilização do recurso foi feita automaticamente pela Caixa Econômica Federal na poupança social digital, criada pelo banco para quem tem saldo nas contas ativas ou inativas.

O prazo também vale para quem informou à Caixa que não desejava retirar os recursos, mas mudou de ideia.

Segundo o banco, para fazer o requerimento basta usar o aplicativo do FGTS, disponível para celulares com sistemas Android e iOS. O saldo será transferido novamente para a conta digital aberta pela Caixa e ficará disponível para movimentação pelo aplicativo Caixa Tem. O dinheiro pode ser sacado presencialmente nas agências da Caixa.

O período para saques começou no final de junho, para quem nasceu no mês de janeiro, e o calendário de liberações seguiu de acordo com o mês de nascimento até o dia 14 de novembro, quando saiu o último lote dos aniversariantes do mês de dezembro.

Para receber o saque emergencial do FGTS, é preciso estar com os dados cadastrais atualizados. A Caixa disponibiliza os seguintes canais de atendimento para o saque emergencial FGTS:

  • Site fgts.caixa.gov.br
  • Central de Atendimento CAIXA 111, opção 2:
  • Internet Banking Caixa: https://internetbanking.caixa.gov.br/sinbc/#!nb/login
  • APP FGTS

Fonte: Metropoles