Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Um adolescente de 17 anos é suspeito de ter mantido duas ex-namoradas em cárcere privado por pelo menos sete meses em São Martinho da Serra, na Região Central do Estado. De acordo com a Polícia Civil, o caso está em investigação e foi descoberto na quinta-feira (31).

As duas mulheres, uma jovem de 20 anos e uma adolescente de 15 anos, conseguiram fugir da casa do suspeito e pedir socorro para policiais militares que faziam o policiamento na região. A mais velha carregava o filho, ainda bebê, que teve com o suspeito.

Elas contaram a polícia que eram impedidas de sair de casa e espancadas. Em uma ocasião, uma delas chegou a ser cortada por um facão usado pelo homem. Ele também teria usado a mesma arma para cortar o cabelo da outra.

As duas eram alimentadas pelos pais do suspeito, que seriam coagidos por ele a permanecer em silêncio, de acordo com a polícia.

Na casa, os policiais militares apreenderam facas, facões, armas de fogo e munição. Ele foi localizado em frente à residência de uma das vítimas. No momento em que foi apreendido o adolescente estava agredindo os dois irmãos menores da jovem para tentar descobrir onde ela estava.

Conforme a Polícia Civil, as vítimas representaram criminalmente e solicitaram medidas protetivas à Justiça contra o suspeito. Por ser menor ele foi liberado e entregue aos pais.

O caso será investigado pela Delegacia da Criança e do Adolescente.

Fonte: G1/João Lamas