Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

O Ministério das Relações Exteriores da Índia informou nesta quinta-feira (21) que irá começar a distribuir as vacinas compradas no exterior a partir de sexta-feira (22). O Brasil, que aguarda desde a última semana a chegada das doses do imunizante Oxford/AstraZeneca compradas pela Fiocruz, foi incluído nesse primeiro prazo, junto ao Marrocos.

Segundo informações da rede CNN Brasil, o ministro Harsh Vardhan Shringla garantiu que “o fornecimento das quantidades comercialmente contratadas também começará a partir de amanhã, começando pelo Brasil e Marrocos, seguidos da África do Sul e Arábia Saudita”.

A Fiocruz pagou R$ 56 milhões em 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca produzidas na farmacêutica indiana Serum. O lote foi contratado com o objetivo de antecipar a vacinação com a Oxford/AstraZeneca, que será produzida nacionalmente na fundação.

A exportação era aguardada pelo Ministério da Saúde na última semana. A pasta chegou a preparar um avião para ser enviado à Índia. Essa aeronave foi adesivada com o logo campanha de imunização do governo brasileiro.

Segundo o Indian Times, o país asiático pretende se impor diplomaticamente ante da China com a distribuição de vacinas ao exterior. Antes da liberação das doses comercializadas, o país distribuiu mais de 2 milhões de unidades para países vizinhos de forma gratuita. (Revista Fórum)