Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

Os beneficiários nascidos em julho poderão começar a fazer o saque em espécie e transferência bancária do auxílio emergencial a partir dessa sexta-feira (15). Diferentes grupos de beneficiários nascidos em julho receberam pagamento do programa no dia 20 de novembro. A parcela paga nessa data varia de acordo com o grupo que o beneficiários faz parte.

Quem contestou o resultado do programa entre 14 e 23 de novembro, por exemplo, recebeu no dia 20 de dezembro uma parcela de R$ 300. A parcela única de R$ 300 também foi paga na data para quem começou a receber o auxílio de R$ 600 em julho mas teve o cadastro bloqueado posteriormente. Os beneficiários que tiveram cadastro reavaliado em novembro receberam as cinco parcelas de R$ 600 de uma vez.

O cronograma de liberação de saque continua em andamento até o dia 27 desse mês. Confira todas as datas futuras do programa.

Saque do auxílio emergencial

19 de dezembro: Nascidos em janeiro
19 de dezembro: Nascidos em fevereiro
4 de janeiro: Nascidos em março
6 de janeiro: Nascidos em abril
11 de janeiro: Nascidos em maio
13 de janeiro: Nascidos em junho
15 de janeiro: Nascidos em julho
18 de janeiro: Nascidos em agosto
20 de janeiro: Nascidos em setembro
22 de janeiro: Nascidos em outubro
25 de janeiro: Nascidos em novembro
27 de janeiro: Nascidos em dezembro

Auxílio de R$300 e R$600 tem 10 datas confirmadas em 2021

Os depósitos do auxílio emergencial encerram no fim de 2020. No entanto, o saque vai continuar sendo feito neste mês de janeiro de 2021. Estão previstos, ao todo, nada menos que 10 saques do benefício assistencial, liberado para ser pago durante a pandemia da Covid-19.

Um calendário específico foi criado pela Caixa Econômica Federal para os beneficiários que já receberam o benefício, mas ainda aguardam a liberação do saque.

A Caixa vai liberar, em alguns casos, o dinheiro para beneficiários de dois meses de uma só vez. De acordo com a instituição financeira, a medida tem o objetivo de acelerar o acesso dos brasileiros aprovados ao dinheiro em espécie.

Caso o trabalhador tenha se cadastrado por meio do aplicativo ou site, a liberação do calendário de pagamentos do auxílio emergencial está sendo feita por meio de ciclos.

A cada ciclo – são 6 no total -, todos recebem pelo menos uma parcela, independente de qual seja. São duas etapas de pagamentos:

– Inicialmente, o dinheiro será depositado por meio da poupança digital e ficará liberado somente para pagamentos via Caixa Tem.
– Após isso, o auxílio é liberado para saques e transferências.

(Jornal Contábil)