Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

Depois de 10 meses confinados devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus, os idosos que residem no Asilo Padre Cacique receberam, nesta terça-feira, 19, a primeira dose da vacina Coronavac, contra a Covid-19. Idosos e funcionários que trabalham no asilo foram imunizados nesta tarde.

A senhora Maria Anna Ziegler Miguel, nascida em 10 de janeiro de 1928, foi a primeira idosa do asilo a receber a vacina. “Espero que todos consigam esta vacina e sejam felizes como eu me sinto agora”, manifestou a idosa de 93 anos, recém-completados. Maria Anna afirmou que o momento é maravilhoso para o asilo. “Espero que esse dia seja um incentivo para quem tem medo ou tem dúvida em relação à segurança da vacina e que nós, do Padre Cacique, sejamos um exemplo para todas as pessoas e o povo de Porto Alegre e do Brasil”, enfatizou a idosa, que mora há dois anos no local.

Gestores da prefeitura e funcionários da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) participaram da imunização no asilo. O secretário municipal de Saúde, Mauro Sparta, afirmou que a vacinação no Padre Cacique marca o início da campanha em Porto Alegre. De acordo com o secretário, 19 equipes de profissionais da SMS vão percorrer instituições de longa permanência de idosos e visitar pessoas acamadas, em suas residências, para fazer a imunização a partir desta quarta-feira, 20. “Este é o início da esperança e da certeza de que a ciência vai vencer”, enfatizou Sparta.

O presidente do asilo, Edson Brozoza, declarou que o dia de hoje ficará na história da instituição, que tem 127 anos de atuação na cidade. “Com a imunização, os idosos passaram a ter uma nova perspectiva, depois de dez meses confinados no asilo sem poder sair nem receber visitas, atendendo às medidas de prevenção”.

Presente ao ato de vacinação, o secretário de Enfrentamento ao Coronavírus, Renato Ramalho, lembrou que a ação marca o início de uma corrida em favor da vida. “Mas a pandemia não acabou, é importante manter os protocolos sanitários como uso de máscara, lavagem de mãos, distanciamento social e o uso do álcool gel. Mesmas pessoas vacinadas precisam manter esses protocolos”, frisou.

A primeira remessa da vacina para Porto Alegre vai garantir a imunização de mais de 51 mil pessoas. Nesta etapa, serão vacinados idosos que residem em instituições de longa permanência, idosos acamados, pessoas com deficiência institucionalizadas e profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate e enfrentamento à Covid-19.

Também participaram da campanha de vacinação no Asilo Padre Cacique o diretor da Vigilância em Saúde de Porto Alegre, Fernando Ritter; a diretora da atenção primária à saúde de Porto Alegre Luciane Beiró; e a gerente distrital de saúde da região Centro, Aline Medeiros.

Capacitação – Nesta terça-feira, a enfermeira chefe do núcleo de imunizações da Secretaria Municipal de Saúde, Renata Capponi, promoveu a capacitação de profissionais que atuam em hospitais para o registro das doses da vacina Coronavac. A vacinação dos profissionais de saúde que trabalham em prontos atendimentos, UTIs, urgências e emergências e unidades de saúde que atendem pessoas com Covid-19 começa na quarta-feira.