Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

A 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá mandou internar, nesta terça-feira (19/1), a adolescente de 15 anos que matou a amiga Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos. A jovem foi condenada à pena máxima de 3 anos de reclusão, que poderá ser revista e atualizada a cada seis meses, em regime socioeducativo. As informações são do portal G1.

Na decisão da juíza Cristiane Padim, a adolescente foi punida por ato infracional análogo ao crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar, e homicídio qualificado.

Isabele Guimarães Ramos morreu ao ser atingida pelo disparo de uma arma de fogo feito pela amiga, no condomínio Alphaville I, localizado no bairro de mesmo nome, em Cuiabá (MT).

Isabele foi encontrada no banheiro da casa. Segundo os investigadores, a bala entrou pela narina e saiu pela cabeça.

“A amiga da adolescente que morreu e moradora da casa disse que efetuou o disparo acidental contra a colega”, comunicou a Polícia Civil, em informação divulgada à imprensa.

A Delegacia Especializada de Homicídios abriu uma investigação. “A arma do crime, cápsula e projétil foram apreendidos e passarão por perícia”, disse a polícia.

Após o crime, o pai da garota que efetuou o disparo, que é atirador esportivo, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ele foi autuado pelo crime após ser conduzido à delegacia, mas foi liberado ao pagar fiança. (Metrópoles)