Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

O comissário para a Economia da União Europeia (UE), Paolo Gentiloni, criticou neste sábado (2), os números da pandemia do novo coronavírus registrados no Brasil nos últimos dias.

“Tenho visto imagens vergonhosas do Brasil. Média da última semana: 36 mil casos e 700 mortes por dia pela pandemia”, escreveu o ex-primeiro-ministro da Itália em sua conta no Twitter.

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, o Brasil contabiliza mais de 7,7 milhões de casos de covid-19 e 195.411 mortes. No último período de 24 horas, houve um aumento de 24.605 contágios e 462 óbitos.

A quantidade de mortes diárias teve uma redução após três dias seguidos registrando mais de mil novas vítimas. Com isso, a média móvel de mortes no país nos últimos sete dias ficou acima de 700 pelo segundo dia seguido.

Entre novembro e dezembro de 2020, houve um aumento de 64,45% no número de pessoas que perderam a vida para a covid-19. Ao todo, o primeiro mês somou 13.263 vítimas, enquanto o segundo teve 21.811, segundo dados das secretarias de Saúde do país. (O Sul)