Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Duas mulheres foram detidas na tarde de sexta-feira (1º/1) no litoral norte do Rio Grande do Sul, após denúncia feita à Brigada Militar. Banhistas em Cidreira relataram que elas haviam amarrado e deixado os filhos em cadeiras de praia na beira do mar.

De acordo com a Brigada Militar, as duas mulheres, mãe e filha, informaram que amarraram as crianças para tomarem banho de mar e fazer compras. Elas foram detidas por maus-tratos.

Ao site Gauchazh, o coronel Marcel Vieira Nery, do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Litoral (CRPO Litoral), disse que a população se revoltou. “É uma situação inusitada, para não dizer outra coisa.”

As duas crianças teriam ficado presas por cerca de uma hora. Segundo a Brigada Militar, a corda usada para amarrar os filhos eram semelhantes as que são usadas em varal de roupa.

As duas mulheres foram liberadas após o registro do boletim de ocorrência, e as crianças serão entregues ao Conselho Tutelar.

Metrópoles