Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Três estabelecimentos comerciais em Tramandaí, no Litoral Norte gaúcho, foram fiscalizados pela Força-Tarefa Segurança Alimentar do Ministério Público do Rio Grande do Sul na quinta-feira (28).

Durante a operação, 1,1 tonelada de alimentos impróprios para o consumo foi recolhida, além de 600 litros de bebidas e 658 carteiras de cigarros paraguaios.

Por conta das péssimas condições sanitárias, dois locais foram interditados. Os proprietários de um deles foram conduzidos para a delegacia. Nos três estabelecimentos – que não tiveram os nomes divulgados – foram encontrados diversos produtos fora do prazo de validade, sendo que alguns deles estavam sendo vendidos a preço de custo para atrair clientes.

Havia ainda carnes sem procedência, estragadas e abaixo da temperatura adequada. Também participaram da ação representantes das secretarias estaduais da Agricultura e da Saúde, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde, da Delegacia do Consumidor da Polícia Civil, da Patrulha Ambiental da Brigada Militar e da Vigilância Sanitária Municipal de Tramandaí. (O Sul)