Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Após a publicação de um novo decreto da prefeitura que flexibiliza as atividades comerciais em Porto Alegre, um ato simbólico marcou, na manhã desta terça-feira (05), a reabertura do portão do Mercado Público localizado na avenida Júlio de Castilhos.

“Esse ato representa muito mais do que abrir um portão. É abrir diálogo. A gente quer trabalhar e trazer um mercado melhor para a cidade”, afirmou a presidente da Associação dos Permissionários do Mercado Público, Adriana Martini, ao prefeito Sebastião Melo.

Com a publicação do Decreto 20.889, em vigor a partir desta terça-feira (05), o Mercado Público passa a operar sem limite de ocupação e com 50% dos trabalhadores. Para o prefeito, o próximo passo é a entrega do segundo piso, com a gastronomia funcionando também aos domingos.

“O empresariado é um grande aliado no enfrentamento do coronavírus. Temos que combater aglomerações e respeitar os protocolos. E o comércio que trabalha de forma regular tem que funcionar e gerar emprego e renda”, defendeu Melo, que estava acompanhado do vice-prefeito Ricardo Gomes e de vereadores.

“Vamos retomar nossa economia sem descuidar da saúde. O mercado é a alma da cidade”, declarou o chefe do Executivo municipal.

O Sul