Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

A Prefeitura de Porto Alegre anunciou nesta quarta-feira, 27, novo recorde histórico de recuperação. Foram recuperados R$ 228 milhões da dívida ativa, sendo R$ 50 milhões referentes à cobrança judicial. Considerando apenas a cobrança de dívidas tributárias, o retorno é de 10,82% do total de créditos, melhor índice dentre as capitais do país.

Para o secretário municipal da Fazenda, Rodrigo Fantinel, a recuperação de créditos é uma das estratégias que serão ainda mais incentivadas nesta gestão. “A orientação do prefeito Melo é não aumentar impostos, por isso a Fazenda se volta para alternativas mais eficientes e justas”, disse Fantinel. Atualmente o estoque da dívida ativa é de R$ 2.282.577.096,81 e a meta de arrecadação para 2021 é de R$ 256 milhões.

A diretora da Divisão de Arrecadação e Cobrança da Receita Municipal, Fernanda Spier Stédile, afirma que o sucesso na arrecadação ocorreu em virtude da adoção de novas e mais modernas formas de localização e contato de devedores: “Foram criados diferentes canais remotos de atendimento, estratégias que facilitaram a negociação dos créditos e impulsionaram a entrada de recursos para os cofres do Município”, observou.

As melhorias implantadas, segundo a pesquisa de satisfação de atendimento da Divisão, resultaram em 98,4% de contribuintes satisfeitos ou muito satisfeitos e em 95,6% com suas demandas totalmente atendidas. O uso da ferramenta de WhatsApp para regularização das dívidas foi aperfeiçoado, o que viabilizou o atendimento dos contribuintes sem que fosse preciso o deslocamento até a sede da prefeitura.

Só pelo WhatsApp, foram atendidas mais de 53 mil demandas ao longo do ano, muitas delas oriundas de outros países como Rússia, China, África do Sul e Canadá. Além disso, foi implementado o parcelamento on-line, ferramenta que tem permitido a negociação de dívidas pela internet. De julho a dezembro, foram realizados 4,8 mil acordos, totalizando R$ 11,6 milhões negociados.

Com o objetivo de se manter na posição de líder nacional em recuperação da dívida ativa, a Receita Municipal segue investindo esforços para que, em 2021, seja ampliado o acesso às facilidades já oferecidas ao contribuinte. Além de continuar disponibilizando a opção pelo recebimento das guias de parcelamento por e-mail e de disseminar a modalidade de pagamento via cartão de crédito ou débito, serão adotadas estratégias para intensificar a adesão pelo débito em conta.

Para regularização das pendências via WhatsApp, acesse aqui. O parcelamento dos valores inscritos em Dívida Ativa diretamente pela internet, deve ser acessado aqui. (PMPA)