Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

O prefeito Sebastião Melo esteve no canteiro de obras do trecho 3 da revitalização da Orla do Guaíba na tarde desta quinta-feira, 7, para receber uma posição atualizada do estágio de execução do cronograma. As intervenções começaram em outubro de 2019 e estão com 63% da execução concluída. O representante do consórcio ACA/RGS – Serviços de Engenharia Rafael Sacci informou que as obras deverão ser concluídas até o final de agosto.

Conforme Sacci, alguns entraves, principalmente com relação a insumos, resultaram no novo prazo. “Na parte elétrica, em função da pandemia, fornecedores especialmente de cabos de cobre e alumínio entraram em recessão, não conseguindo fornecer. Estabelecemos 31 de agosto como limite para finalizar os serviços a contento e com a qualidade necessária”, afirmou.

Para Melo, devolver a Orla ao cidadão é prioridade e vai resgatar um sonho da cidade de muitos anos, pelo qual ajudou a trabalhar ainda como vice-prefeito.

“Viemos aqui buscar esse retrato detalhado sobre a execução da obra. Será mais um pedaço de convivência da cidade, que hoje tem pouco espaço de acesso à Orla, e ganhará essa grande área esportiva para ser usada por quem mora e visita Porto Alegre” – Prefeito Sebastião Melo.

O prefeito cobrou, ainda, solução para retomar a iluminação de 10 postes no traçado, interrompida em função da falta de capacidade da rede elétrica. O secretário de Obras e Infraestrutura, Pablo Mendes Ribeiro, informou que será implantada uma solução paliativa em no máximo 10 dias: a rede será complementada por energia a partir de ponto da rua Nestor Ludwig (próxima ao Beira-Rio) e outro da avenida Ipiranga. A solução definitiva ocorrerá até abril, com a instalação de uma subestação.

Trecho 3 – A obra envolve 1,6 km de extensão da Orla entre a foz do Arroio Dilúvio e o Parque Gigante. O valor total do investimento é de R$ 50,6 milhões, e o contrato já teve um aditivo. Os recursos para o investimento são de financiamento da Cooperação Andina de Fomento (CAF) e do Fundo da Iluminação Pública. (PMPA)