Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

Na noite de sexta-feira (26) e madrugada deste sábado (27) no Litoral Norte, a BM (Brigada Militar) fiscalizou o cumprimento do decreto que suspende as atividades entre 20h e 5h e também as restrições impostas pela entrada em vigor dos protocolos da bandeira preta, a partir das zero hora do sábado.

Foram fiscalizados 119 estabelecimentos comerciais. Destes, 19 estavam abertos além do horário permitido, com 121 clientes consumindo nos locais. Em Capão da Canoa foi constatado o maior número de locais abertos com venda de alimentação e bebidas: 12 estabelecimentos com 80 pessoas consumindo.

Com a orientação dos agentes de segurança, os pontos comerciais foram fechados e apenas em Santo Antônio da Patrulha, em dois bares com 17 pessoas, a BM aplicou termos circunstanciados para os proprietários e os clientes.

Ação conjunta

Policiais militares do 2º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (2º BPAT) e do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM) realizaram fiscalizações em Capão da Canoa, Xangri-lá, Tramandaí, Imbé, Arroio do Sal, Torres, Osório, Santo Antônio da Patrulha e Tavares. As ações contaram com o trabalho da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guardas Municipais e agentes municipais de fiscalização e de vigilância sanitária.

Em Osório e na praia de Atlântida Sul (pertencente ao município), entre 17 h da sexta e 5h da manhã do sábado, o 8º BPM realizou a Operação Prevenção e Tranquilidade, com barreiras de fiscalização e orientações para o cumprimento dos protocolos da pandemia. Foram abordados 42 veículos e 80 pessoas, sem irregularidades quanto ao decreto de suspensão das atividades não essenciais, sendo apenas lavrados seis autos de infração de trânsito, com recolhimento de dois veículos.

O Sul