Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Gilberto parece, enfim, ter despertado para o jogo e percebido as atitudes grosseiras de Karol Conká contra Lucas Penteado e Juliette. Em conversa com a cantora na dispensa do Big Brother Brasil 21, nesta quinta-feira (4/2), o brother a confrontou e ela ameaçou jogar água “na cara” da advogada.

O economista citou o momento em que Juliette pediu para os colegas fazerem silêncio na hora de dormir. Na ocasião, Karol cantou uma paródia da música Combatchy e mandou a sister “se foder”.

A rapper afirmou a Gilberto que não se lembra do ocorrido, e argumentou com (novamente) ataques a Juliette. “Não tenho nada pra falar com ela, eu não quero falar com ela, sério, porque me deixa toda perturbada, eu nunca vi uma coisa assim na minha vida, foi a primeira vez aquele dia, de ver uma pessoa oscilar em 7 segundos. Eu fico assustada, não sei o que eu faço”, disparou.

Quando Gilberto disse que Karol mandou a sister “se foder”, a cantora disse: “Não, não falei, imagina. Eu nem tenho vontade de mandar ela se foder. Eu tenho dó dela. Com ela eu nunca vou brigar igual foi com o Lucas”, disse.

“Eu não vou ficar também toda boazinha porque a menina me deixa louca. Eu não quero falar com ela. […] Se ela quiser falar comigo eu vou falar: ‘Não, não quero. Não fale comigo’, e na terceira vez eu vou jogar um copo de água na cara dela”, ameaçou.

“Se eu falei ‘vai se foder’ eu devia ter falado mais então porque seis da manhã não é hora de chamar pra conversar, todo mundo com cachaça na cabeça, tá maluca? Ela tá achando que ela é o que, que ela é a rainha da cocada aqui então?”, disse ainda Karol.

“Pra minha sanidade aqui dentro da casa, eu escolhi não falar com ela, eu não quero contato com essa garota. Eu já tenho que olhar a cara dela todo dia passando aqui, com essa loucura, todo dia alguém vem e conta alguma coisa que ela fez”, declarou. (Metrópoles)