Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

O Ministério Público do Rio de Janeiro informou, em nota, ter recebido 23 denúncias contra a cantora Karol Conká, confinada no Big Brother Brasil 21. O órgão afirmou, segundo o jornal Extra, que as queixas foram encaminhadas às Promotorias de Justiça de Investigação Penal da Barra da Tijuca.

Mesmo estando no reality show, Karol poderá ser investigada. As atitudes da rapper em relação aos outros participantes do programa têm gerado polêmica nas redes sociais.

Nesta semana, a equipe de Lucas Penteado declarou que irá processar Karol. Vale lembrar que a artista foi acusada de ter praticado agressão verbal contra o ator.

A carreira de Karol também foi afetada do lado de fora do jogo: além de ter perdido seguidores no Instagram, seu programa no canal GNT foi adiado e Karol teve participação em um festival no Recife cancelado, ainda de acordo com o Extra. (Metrópoles)