Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Nos últimos 20 dias, o número de ligações para o telefone 156 da Prefeitura de Porto Alegre, na opção de serviços de saúde, cresceu 284%. A alta demanda ocorre em razão da busca por informações sobre a vacinação contra a Covid-19. No entanto, apenas 22% das ligações recebidas pelo canal telefônico geraram protocolo – cerca de 6,3 mil. Nesta quarta-feira (10), o secretário municipal de Transparência e Controladoria, Gustavo Ferenci, fez um apelo para que as pessoas que têm acesso à internet façam contato pelos canais digitais.

“Recomendamos aos cidadãos que, sempre que possível, utilizem os canais digitais de comunicação. É necessário apenas estar conectado à internet, e não há fila de espera”, enfatizou Ferenci. Para melhorar o atendimento à população, o call center do 156 recebeu reforço de 30% no número de posições.

A utilização da versão on-line, o 156Web-Conecta Cidadão, subiu 1.600%, e do aplicativo #EuFaçoPOA, 2.700%, nas últimas semanas.

A sobrecarga no sistema ocorre também devido ao aumento no tempo médio de atendimento, de cerca de dois minutos para aproximadamente quatro minutos. De uma média de 1,3 mil ligações diárias anteriormente, o 156 agora contabiliza até 4 mil. O recebimento de solicitações da vacina pelos números de WhatsApp disponibilizados pela SMS (Secretaria Municipal da Saúde) também vem aliviando o sistema, com 3 mil atendimentos já registrados. No geral, incluindo todas as opções de serviços, o telefone 156 recebeu mais de 51 mil mil ligações nos últimos 20 dias, com geração de 15.356 protocolos.

Canais digitais da prefeitura

Aplicativo #EuFaçoPOA – Oferece vários serviços públicos prestados pelo Município aos usuários de dispositivos móveis, de forma ágil. Para acessar, basta fazer o download nas lojas de aplicativos oficiais em celulares Android ou Apple. O login é feito pelo sistema gov.br, do governo federal, que utiliza o número do CPF para o primeiro acesso.

156Web-Conecta Cidadão – Recebe e encaminha as solicitações da população referentes aos serviços públicos prestados pelos órgãos municipais. É possível registrar e acompanhar o andamento da demanda por meio digital, através do 156Web, com acesso pela Central do Cidadão. (O Sul)