Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

A Guarda Municipal dispersou aglomerações em Porto Alegre na madrugada deste domingo (14), em ação conjunta com a Brigada Militar e fiscais da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação). As ocorrências foram registradas em um bar na rua Fernando Machado, no Centro Histórico; na rua Padre Chagas, bairro Moinhos de Vento; e na Orla Moacyr Scliar, onde uma lancha, com som alto no lago, atraía pessoas para a beira da água.

O grupo dispersou com a presença dos agentes de segurança. A Guarda Municipal efetuou contato com a Capitania dos Portos, mas a lancha se deslocou antes da chegada do policiamento. O bar na Fernando Machado foi autuado por estar infringindo os protocolos sanitários da Covid-19.

A Guarda Municipal, assim como todas as outras instituições, como a Brigada Militar e a EPTC, continuarão nas ruas pelo bem comum da população. “Não descansaremos enquanto a pandemia persistir”, disse o comandante da GM, Marcelo Nascimento . Denúncias podem ser feitas pelo 156. A fiscalização para impedir aglomerações serão intensificadas na segunda (15) e terça (16) de carnaval.

Sábado

Na madrugada de sábado (13) foram dispersadas aglomerações em um bar da rua João Alfredo, na Cidade Baixa, onde estavam 150 pessoas, e em outro bar na rua Lima e Silva, no mesmo bairro, também com 150 pessoas. Houve dispersão de aglomeração ainda na rua Fernando Machado, no Centro Histórico. Também foi desfeita uma festa clandestina, na Zona Sul de Porto Alegre. Na casa de shows havia cerca de 800 pessoas. Os locais foram autuados e interditados por descumprirem os decretos da Covid-19 e colocarem em risco a saúde da coletividade .

Segurança e fiscalização

A prefeitura de Porto Alegre informou na sexta-feira (12) que iria reforçar a fiscalização para o período de carnaval, com agentes nas ruas, principalmente à noite, para evitar festas clandestinas e aglomerações. A prefeitura também não fará ponto facultativo, mantendo expediente regular de segunda a quarta-feira.

O secretário municipal de Segurança, Mário Ikeda, afirmou que as equipes de fiscalização realizam um trabalho preventivo para o cumprimento das normas. “Dialogamos com todas as entidades e está acordado que os protocolos sanitários serão cumpridos no carnaval. Nossa preocupação é com a saúde da população”, disse Ikeda.

Marcelo Nascimento, comandante da Guarda Municipal, afirmou que as equipes estarão espalhadas por diversos pontos da cidade, com atenção especial para Cidade Baixa e Moinhos de Vento. O comandante ressalta que a atuação será preventiva, orientando e fiscalizando estabelecimentos comerciais. “Nosso objetivo é evitar aglomerações e festas clandestinas. Mas também estaremos preparados para dispersar multidões, caso seja necessário”, disse. Denúncias podem ser feitas pelos telefones 156 ou 153.

Protocolos sanitários

Confira as regras para bares e restaurantes na bandeira laranja:

– 50% dos trabalhadores e 50% de ocupação;
– Uso obrigatório de máscara ao se servir e ao circular;
– Permitido retirar a máscara somente para se alimentar, sentado às mesas;
– Uso obrigatório de álcool em gel 70% em fricção;
– Distanciamento mínimo de 2 metros entre as mesas;

Regras para eventos sociais e de entretenimento em buffets, casas de festas, casas de shows, casas noturnas ou similares (em ambiente fechado, com público em pé) na bandeira laranja:

– Prévia e expressa autorização do Município;
– Duração máxima de 4 horas;
– Teto de ocupação de 8 metros por pessoa;
– Distanciamento mínimo de 2 metros entre as mesas; 1 metro nas filas; e 2 metros entre artistas e público;
– Áreas exclusivas para até 8 coabitantes, com distanciamento mínimo de. 4 metros e demarcadas no chão (não permite bebida/alimentação ) ou por barreira física (permite bebida/alimentação);
– Vedado consumo de alimentos e bebidas em pé;
– Vedado uso de pista de dança.

O Sul