Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Porto Alegre registra a vacinação de 18.944 idosos acima de 83 anos contra a Covid-19, conforme dados da plataforma vacinômetro, até as 18h30 desta sexta-feira, 19. O quantitativo corresponde a 88,09% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde de vacinação de 21.505 pessoas dessa faixa etária na Capital. Agora, a plataforma passa a informar também sobre a segunda dose da imunização por público-alvo desta fase da campanha.

O movimento seguiu tranquilo nas dez unidades de saúde nesta sexta-feira, incluindo os centros de saúde Modelo e IAPI, que costumam concentrar maior público. Os profissionais prosseguem com visitas domiciliares para imunizar idosos acamados, além da aplicação da segunda dose em idosos e pessoas com deficiência que vivem em instituições de longa permanência, cuidadores, profissionais de saúde e indígenas.

Na segunda-feira, 22, o atendimento para idosos na faixa etária de 83 ou mais segue em dez unidades de saúde, das 8h às 17h (veja lista abaixo). Não haverá vacinação em drive-thru. A vacina está garantida para todo o público dessa faixa etária, independente do horário de chegada à unidade. Por isso, não há necessidade de chegar cedo e enfrentar filas.

Para receber a vacina, é preciso apresentar um documento de identificação com CPF e comprovante de residência. As unidades São Carlos, Morro Santana e Moab Caldas oferecem a possibilidade de vacinação no carro.

Onde se vacinar:

US Camaquã
US São Carlos
US IAPI
US Morro Santana
Clínica da Família Álvaro Difini
US Moab Caldas
US Assis Brasil
US Santa Marta
US Modelo
US Santa Cecília

Confira aqui os endereços das unidades de saúde.

Números – Dados do vacinômetro mostram que Porto Alegre registrou a aplicação total de 97.673 doses de vacinas contra a Covid-19 até as 18h30 desta sexta-feira, 19, incluindo todos os grupos prioritários. Deste número, 60.402 doses foram recebidas por profissionais de saúde; 18.944, por idosos com 83 anos ou mais; 17.540, por idosos, acamados e pessoas com deficiência que vivem em instituições; e 1.047, por populações indígenas e quilombolas. Os dados são parciais e sujeitos a revisão. O painel da Secretaria Municipal de Saúde é atualizado conforme o envio de dados de unidades de saúde e hospitais.