Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, anunciou novas medidas de restrição para a capital. Em uma transmissão ao vivo, realizada no inicio da tarde desta quinta-feira (25), Melo fez questão de afirmar seu compromisso com a economia e fez apelos para que população ajude a manter a cidade aberta, respeitando as medidas de distanciamento. O prefeito ainda defendeu o modelo de cogestão, que permite maior autonomia aos municípios na regulação das medidas para controle do contágio da Covid-19.

No pronunciamento, Sebastião Melo informou que determinou a ampliação de leitos de hospitais da cidade e garantiu a cobertura da administração municipal nos gastos com mais locais e equipamentos para atender pacientes infectados com o novo coronavírus.

Sobre o horário de funcionamento dos estabelecimentos, Melo criticou a medida estadual que obriga o fechamento de supermercados a partir das 20h. “Vamos fazer uma sugestão ao governador Eduardo Leite, que é um homem de diálogo, que amplie os horários dos supermercados. Não deu certo fechá-los às 20h. As pessoas vão e aglomeram. Fica aqui uma singela sugestão ao governador” disse o prefeito.

Outra medida anunciada é que está proibida a circulação de ônibus com passageiros em pé. Melo garantiu que irá ampliar a frota de ônibus nos horários de pico para garantir o atendimento do transporte coletivo para a população.

Ainda em seu pronunciamento, o prefeito da capital informou que solicitou à CBF e TV Globo que fosse transferido o horário da partida entre Grêmio e Palmeiras, válida pela final da Copa do Brasil, mas não tece seu pedido atendido.