Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

O relatório de balneabilidade divulgado nesta sexta-feira, 5, pela Secretaria de Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smamus) aponta que todos os seis pontos analisados no Lami e no Belém Novo possuem águas próprias para banho. O período de amostragem utilizado pelo Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) no processo de análise se estendeu entre os dias 17 e 31 de janeiro.

Confira os pontos avaliados e a situação de cada um deles:

Lami

Posto 1 (acesso pela rua Luiz Vieira Bernardes, nas imediações da segunda guarita de salva-vidas) – águas próprias para banho.

Posto 2 (acesso pela rua Luiz Vieira Bernardes, em frente à primeira guarita de salva-vidas) – águas próprias para banho.

Posto 3 (avenida Beira-Rio, em frente ao nº 510) – águas próprias para banho.

Belém Novo

Posto 1 (Praça Comunal, em frente à garagem da empresa de ônibus) – águas próprias para banho.

Posto 2 (Praia do Leblon, avenida Beira-Rio, em frente à rua Antônio da Silva Só) – águas próprias para banho.

Posto 3 (Praia do Veludo, em frente à interseção das avenidas Beira-Rio, Pinheiro Machado e rua Antônio da Silva Só) – águas próprias para banho.

Como a avaliação é feita – A análise de balneabilidade é realizada com base nos padrões determinados pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama). Para que um ponto seja considerado como próprio para banho, é preciso que quatro das últimas cinco amostras coletadas apresentem menos de 800NMP/100mL (referência que indica o grau de poluição da água). A última amostragem também não pode ter mais de 2.000NMP/100mL. Outro critério é o valor de pH da água: ele precisa ficar entre 6,0 e 9,0.

Mesmo com 100% dos pontos próprios para o banho, a orientação segue de evitar aglomerações e respeitar os cuidados sanitários necessários neste período de pandemia. (PMPA)