Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Fórum

Um homem, de 41 anos, que trabalhava como ajudante de pedreiro, foi assassinado por um Policial Militar durante abordagem em Fernandópolis, no interior de São Paulo. A família filmou toda a cena. Antes de dar dois tiros, o PM aplicou um mata-leão no homem, que quase ficou desacordado.

O caso aconteceu no bairro Acapulco na última sexta-feira (19). Segundo boletim de ocorrência, policiais foram chamados para prestar atendimento a um ciclista que tinha sido atropelado por uma mulher em uma moto e se deslocaram para o endereço.

Os PMs, então, foram à casa da mulher, que era casada com o ajudante de pedreiro. O homem teria se recusado a fornecer informações sobre a esposa e, segundo o B.O., teria agredido os policiais, que reagiram aplicando o mata-leão.

Após conseguir se soltar, o homem entrou em casa e pegou um martelo para se defender, quando o PM deu dois tiros à queima-roupa.

A Polícia Militar informou que afastou o PM das atividades e instaurou um inquérito para apurar a conduta dele.

Assista ao vídeo em reportagem da TV Bandeirantes: