Donos de tradicionais salões de beleza de Porto Alegre discutem em via pública e vídeo viraliza

O motivo da briga teria sido uma suposta abertura irregular de um dos estabelecimentos

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Desde o último sábado (27), o estado do Rio Grande do Sul esta sob bandeira preta, o que significa risco altíssimo de contágio da Covid-19. Por conta desta situação, um decreto estadual foi aplicado em todas as regiões, onde estabelece o fechamento de estabelecimentos que prestam serviços não essenciais. Um dos estabelecimentos que deveriam estar temporariamente fechados, por não serem enquadrados como essenciais, são os salões de beleza, e a suposta abertura irregular de um deles provocou uma briga entre dois dos mais renomados empresários do setor.

No vídeo, que ganhou repercussão pelo compartilhamento em redes sociais, é possível ver o proprietário do salão Hugo Beauty, Hugo Moser, batendo com Elisandra Rhoden, proprietária da estética Meia Hora, localizada na Avenida Nilo Peçanha, bairro Boa Vista, em frente ao estabelecimento, para reclamar do funcionamento do mesmo em meio as restrições impostas pela pandemia. O que seria apenas uma repreensão a concorrente terminou em bate-boca e caso policial.

Veja os vídeos que registraram a discussão:

A chefe da Polícia Civil no RS, delegada Nadine Anflor, revelou que, somente na manhã desábado, foram feitas 20 denúncias à polícia gaúcha sobre funcionamento indevido de estéticas. Sobre o episódio da estética Meia Hora, Nadine informou que a polícia esteve no local a partir de uma denúncia anônima, mas, quando a viatura chegou no local, já não havia ninguém dentro.

Hugo Moser também se manifestou após o conflito, em vídeo divulgado nas redes sociais (veja post a seguir).