Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

A Secretaria Municipal de Parcerias (SMP) está remodelando o projeto de concessão do Trecho 2 da Orla do Guaíba. Uma das principais alterações está relacionada à construção de uma roda-gigante. No espaço de 134,4 mil metros quadrados e 850 metros de extensão, entre a rótula das cuias e o Arroio Dilúvio, o parceiro privado poderá instalar um atrativo âncora, mas sem a obrigatoriedade em relação ao tipo de equipamento.

Com a mudança que está sendo estudada pela equipe técnica da SMP, com apoio do Instituto Semeia, a previsão de investimentos deve passar de R$ 70 milhões para R$ 25 milhões. “Estamos retirando a obrigatoriedade para tornar o projeto mais viável ao momento econômico mundial. Entretanto, é sabido que a instalação de um equipamento âncora, que não necessariamente precisa ser a roda-gigante, é importante para que a concessão seja rentável para o privado”, esclarece a secretária de Parcerias, Ana Pellini.

Além de construir a infraestrutura do trecho, a empresa ficará encarregada da manutenção preventiva e corretiva das edificações, da limpeza e segurança do local e do cuidado com a flora e fauna do parque. A concessão tem uma previsão de 35 anos.

Fonte: PMPA