Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

Da Revista Fórum

O ministro Onyx Lorenzoni, da Secretaria-Geral do governo Bolsonaro, disse em entrevista realizada nesta quinta-feira (25) que o isolamento social rígido (lockdown) não funciona porque não é possível fazer um “lockdown dos insetos”. Não há evidências de que insetos transmitam a covid-19.

“Eu considero todos muito tolos. Muitos ainda insistem numa ferramenta chamada lockdown que já está provada por várias experiências no mundo que é ineficiente. Alguém consegue impedir nas áreas urbanas o passarinho, o cão de rua, o gato, o rato, a pulga, a formiga, o inseto, eles se locomovam? Alguém consegue fazer o lockdown dos insetos? É claro que não. E todos eles transportam o vírus, não são contaminados, mas podem transportar o vírus. Podem, é uma possibilidade”, afirmou o ministro em entrevista à Jovem Pan. Ele criticava governadores e prefeitos que adotaram medidas restritivas.

Essa declaração, no entanto, parece ser mais uma dada por integrantes do governo Bolsonaro sem amparo científico.

No portal da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) há uma seção de perguntas e respostas sobre o Sars-Cov-2 e em uma delas a questão é “Os insetos que entram em casa podem funcionar como vetores para a covid-19?”. A resposta, atualizada em fevereiro de 2021, é a seguinte: “Até o momento não foi documentada a transmissão do novo coronavírus por moscas ou outros insetos”.

Sobre animais domésticos a posição da entidade é parecida: “Embora não existam estudos aprofundados sobre o tema até o momento, o risco de animais domésticos contraírem ou transmitirem o novo coronavírus é praticamente inexistente”. “Em todo o mundo há menos de 25 relatos de cães e gatos que contraíram o Sars-CoV-2 e nenhum relato oficial de animais que tenham transmitido para seus donos ou tutores. Além disso não há relatos de casos positivos de covid-19 em animais no Brasil, afirmam.