Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

Juliette voltou de um paredão recente no BBB 2021, tendo apenas 1,24% de rejeição numa disputa com mais de 654 milhões de votos, confirmando ainda mais sua popularidade. Esse sucesso todo também se mostrou de uma forma estranha, até mesmo no “universo” das drogas.

Começou a circular nas redes sociais uma foto em que o rosto da paraibana aparece em trouxas de maconha a serem vendidas. De acordo com o jornal O Dia, essa iniciativa veio de uma facção criminosa do bairro de Trindade, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro (RJ), também com a inscrição do Comando Vermelho (CV).

Ainda conforme informações da fonte citada acima, organizadores de um baile funk desse mesmo bairro, fizeram um funk em homenagem à Juliette, logo no início desta temporada do Big Brother Brasil. A novidade inusitada também virou assunto nas redes sociais.

Um fã-clube da maquiadora listou algumas das conquistas recentes da sister da Pipoca: “Música, boneca, recorde de seguidores, recorde de 1 milhões de likes mais rápido, outdoor, banner de maconha, disputada por marcas, feat com cantores, esgotando ovo de páscoa, bolo de chocolate das velhas tiktokers… O amor do Brasil”.

Outro twitteiro ficou impressionado com a atitude: “Passando mal com os caras aqui da boca [de fumo] vendendo maconha com a foto da Juliette”. Um terceiro se divertiu ao descobrir isso: “Juliette movimentando até o tráfico vei eu tô passando mal”.

Outra homenagem recente veio de MC Niack, o intérprete de “Oh Juliana”. O funkeiro se rendeu à trajetória de Juliette no BBB 2021 e resolveu fazer uma versão de sua música de sucesso para a advogada confinada na casa mais vigiada do Brasil. (RD1)

Confira: