Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

O Rio Grande do Sul recebeu na manhã desta sexta-feira (2/4) a maior remessa de vacinas contra a Covid-19 até o momento. São 600.400 doses de CoronaVac, do Instituto Butantan, e 44.750 da AstraZeneca, produzida pela Fiocruz, totalizando 645.150 enviadas pelo Ministério da Saúde. O carregamento veio em avião ATR-72, da companhia aérea Azul, que pousou às 6h20 no aeroporto Salgado Filho. O maior lote havia sido o primeiro, com 341,8 mil doses, em 18 de janeiro.

Do terminal, seguiram em caminhão refrigerado para a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), na zona leste de Porto Alegre. As doses começaram a ser separadas por Coordenadoria Regional de Saúde (CRS). Serão distribuídas até o fim desta manhã com destino às 18 CRS e a municípios próximos – Alvorada, Canoas, Esteio, Gravataí, Montenegro, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Taquara, Viamão e para a Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre.

Por via aérea, serão entregues as doses da 4ª CRS (Santa Maria), 5ª (Caxias do Sul) e 10ª (Alegrete), transportadas em helicópteros da Brigada Militar e da Polícia Civil. As demais seguirão por via terrestre.

Ficarão reservadas na Ceadi 11.470 doses da AstraZeneca, referentes à segunda dose de quem se vacinou em janeiro com esse imunizante. Assim, o total a ser entregue nesta sexta-feira (2/4) é de 633.680 doses, entre CoronaVac e AstraZeneca.