Novo reservatório beneficiará mais de 80 mil habitantes da Zona Leste de Porto Alegre – Porto Alegre 24 horas
Foto: Rafaela Redin | PMPA

Novo reservatório beneficiará mais de 80 mil habitantes da Zona Leste de Porto Alegre

O novo reservatório faz parte do pacote de investimentos para o primeiro semestre anunciado pelo prefeito Sebastião Melo e pelo diretor-geral do Dmae, na semana passada.

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Um novo reservatório com capacidade de 2.000 metros cúbicos de capacidade vai ampliar a reservação de água para a Zona Leste e melhorar o abastecimento para os bairros Partenon e Agronomia. A obra teve início efetivo no dia 10 de março e tem previsão de conclusão para o final do ano, beneficiando cerca de 80 mil habitantes. Os investimentos são de R$ 4,9 milhões em recursos próprios do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) provenientes da tarifa. O diretor-geral do departamento, Alexandre Garcia, acompanhou os trabalhos da etapa inicial da obra, executada pela SJF Engenharia, na manhã desta terça-feira, 6.

Construído junto ao já existente na Estação de Bombeamento de Água Tratada (Ebat) Vila dos Sargentos 1, a estrutura também contará com uma nova adutora de 800 milímetros de diâmetro. De acordo com Garcia, a ampliação da reservação de água com a obra auxiliará no abastecimento de todo o subsistema Cristiano Fischer, que faz a distribuição para os bairros da Zona Leste da Capital. “Esse tipo de obra impacta diretamente a vida da população e é essencial para a cidade, pois aumenta a condição de guardar água e proporciona a setorização do bairro, ou seja, quando for preciso consertar alguma fuga, vai ser possível desabastecer uma área menor, deixando menos moradores sem água para as manutenções programadas ou emergenciais”, explica.

O novo reservatório faz parte do pacote de investimentos para o primeiro semestre anunciado pelo prefeito Sebastião Melo e pelo diretor-geral do Dmae, na semana passada. Em projetos já contratados para melhorar as redes de água e esgoto em todas as regiões de Porto Alegre, os investimentos somam mais de R$ 110 milhões, com recursos próprios e de financiamento externo. São 14 obras, sendo dez de água – dois reservatórios, quatro adutoras e quatro substituições de rede – e quatro extensões de rede de esgoto sanitário. Do total, R$ 41,8 milhões são de melhorias começadas ou com previsão próxima para este primeiro semestre.

A obra tinha estimativa de começar em julho de 2020. No entanto, foram necessárias revisões do projeto, ajustes do alinhamento na divisa com imóveis lindeiros, e atraso da empresa executora para contratação de mão de obra em função de dificuldades decorrentes da pandemia.

Etapas da obra – Até o momento foram recebidos os materiais da obra e foi realizada a contenção da escavação, com a implantação de 66 estacas de 9 metros de profundidade, que garantem a estabilidade do terreno vizinho para execução do reservatório de 16 metros de largura por 32 metros de comprimento. A próxima etapa será o assentamento da nova adutora de 800 milímetros que passará pela via na rua Soldado José Silva, próximo ao número 55, e seguirá até a rua Esplêndida, na altura do número 60. Na sequência começará a escavação do terreno para a construção da base do reservatório. (PMPA)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade