Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

O Stetpoa (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte de Porto Alegre) reivindicou a antecipação de vacina contra a Covid-19 para motoristas, cobradores e fiscais do transporte coletivo de Porto Alegre. A entidade reforça que esse grupo trabalha diariamente com a circulação de pessoas e, por isso, está mais exposto à doença.

O presidente do Stetpoa, Sandro Abbade, disse que esteve em reunião na semana passada com o prefeito Sebastião Melo, que se mostrou receptivo, mas destacou que não pode dar uma posição diante das diretrizes do PNI (Plano Nacional de Imunizações).Segundo Abbade, a categoria está no grupo de risco de número 23, e no momento, está sendo vacinado o grupo de risco 11.

O dirigente disse que quer evitar enfrentamento direto e prefere o diálogo, mas entende que a categoria merece. “Estamos carregando a população, seguindo protocolos, sem passageiros em pé, todos com máscara, álcool gel e higienização no veículo, estamos fazendo a nossa parte”, enfatiza. Abbade também menciona que vem sendo convidado por sindicatos regionais para fazer uma manifestação mais ativa.

A SMS (Secretaria Municipal da Saúde) lembra que essa decisão não é do município e que deve ser tomada em conjunto com o estado, que é quem recebe as doses do Ministério da Saúde e define quantitativo e aplicações. (O Sul)