Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

A Secretaria da Cultura de Porto Alegre lamentou, nesta quarta-feira (07), a morte do ex-rei momo do carnaval da Capital Otávio Frota Júnior, 46 anos, que foi atropelado por um caminhoneiro, na manhã de terça (06), em São Leopoldo, no Vale do Sinos, após uma briga de trânsito.

Segundo a pasta, Frotinha era “um dos personagens mais queridos do carnaval e da cidade”. Ele foi rei momo entre 2001 e 2008. “Perdemos uma grande personalidade. Ele comandou a maior festa da cultura popular com paixão e dedicação por sete anos. Foi colaborador e funcionário da SMC, sempre zeloso e incansável para defender a qualificação dos desfiles das escolas de samba. Nossa gratidão por tudo que fizeste em vida e pelo legado de amor que deixaste pela cultura”, disse o secretário Günter Axt.

Frotinha era produtor musical e trabalhava atualmente como motorista de aplicativo.

Morte

Otávio Frota Júnior morreu atropelado após uma discussão com um caminhoneiro, na manhã de terça-feira, na ERS-240. O caminhão colidiu contra a traseira do carro de Frotinha, de acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar. Quando o caminhoneiro parou o seu veículo na rodovia, em meio a um bate-boca, Frotinha ficou em frente ao caminhão e se pendurou na cabine.

O motorista acelerou e acabou atropelando o ex-rei momo, que morreu no local. O atropelamento ocorreu por volta das 7h45min. O caminhoneiro foi preso. A Polícia Civil investiga o caso com o auxílio de imagens de câmeras de vigilância.

Fonte: O Sul