Veterinários suspendem cirurgias eletivas para reduzir uso de remédios e oxigênio – Porto Alegre 24 horas

Veterinários suspendem cirurgias eletivas para reduzir uso de remédios e oxigênio

Objetivo é reduzir novas demandas dos medicamentos, anestésicos e oxigênio, aumentando a disponibilidade de uso pela medicina humana
Foto: Reprodução | Facebook

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O médico veterinário Leonardo Maggio de Castro lidera um grupo voluntário, no interior de São Paulo, que se juntou em abril de 2020 para atuar na linha de frente contra a Covid-19. O projeto “Esquadrão do Bem” tem como principal atividade dar treinamentos nos procedimentos de paramentação e desparamentação para equipes de plantão na Santa Casa de Sorocaba, evitando assim que eles se contaminem.

“Um grupo que estava estendendo a mão em reforçar esses procedimentos durante os plantões para que os profissionais de saúde, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem pudessem ficar alerta. Sabemos que no cansaço físico, emocional, que é o que mais estamos vendo na pandemia, você acaba burlando alguma técnica e acaba ficando suscetível.”

Em solidariedade à sobrecarga no sistema de saúde do país, o Centro Veterinário Seres, da marca do Grupo de petshop Petz, suspendeu as cirurgias eletivas nas clínicas. A veterinária Karina Mussolino diz que o objetivo é reduzir novas demandas de medicamentos, anestésicos e oxigênio, aumentando assim a disponibilidade desses insumos no mercado.

“Tudo que for procedimento que não acomete o bem estar e a segurança do pet, que são agendados, que não são urgentes e nem emergência, a gente vai dar uma segurada para que a medicina humana consiga usar em pacientes que precisam ser intubados, precisam ser induzidos”, disse. Permanecem liberados no petshop Petz atendimentos clínicos ou cirúrgicos e exames nos serviços de urgência e emergência. (Jovem Pan)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade