Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

Interligações e remanejamento de redes de água na Zona Norte, além do conserto de um hidrante na Zona Leste, estão na programação do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) nesta semana. Se chover forte, os serviços poderão ser transferidos, exceto o conserto de hidrante, que será realizado com qualquer tempo.

Na Zona Norte, redes de água serão interligadas na rua João Paris esquina da avenida Bernardino Silveira Pastoriza e esquina da rua Pero Lobo Pinheiro, e também na avenida Gamal Abdel Nasser esquina da rua Tarcila Dutra. O serviço será na terça-feira, 20, com possibilidade de desabastecimento nos bairros Rubem Berta e Santa Rosa de Lima, a partir das 8h30. O retorno é esperado à noite, podendo demorar mais nas partes altas da região.

Na Zona Leste, o conserto de um hidrante na rua Carlos Ribeiro da Silva, 20, poderá causar falta de água no Partenon, a partir das 9 horas de quinta-feira, 22. A normalização está prevista à noite, ou depois desse prazo nas partes altas da região. O serviço será realizado mesmo que chova.

Ainda na quinta-feira, 22, porém na Zona Norte, está programado o remanejamento da canalização de água na avenida Sertório, 3900, esquina da rua Diretriz. A rede será desviada para implantação de uma Estação de Bombeamento de Esgoto (EBE). O abastecimento de água fica interrompido, a partir das 9 horas, em parte do Jardim Floresta. O retorno deve ocorrer à noite, podendo demorar mais nas partes altas da região.

Entenda mais sobre os serviços do Dmae – Os Serviços Programados têm objetivo de qualificar a rede de abastecimento, com substituições ou manutenções planejadas. São serviços que abrangem uma grande área (um ou mais bairros) e demandam mais de quatro horas para execução. Os Serviços Programados são divulgados com antecedência e têm previsão de início e término, tanto do serviço quanto do retorno do abastecimento.

Normalização do abastecimento – Após a conclusão do serviço, a água não volta de imediato à rede pública de abastecimento e aos domicílios, diferentemente da energia elétrica, que é quase instantânea. A distribuição só recomeça depois que os reservatórios das Estações de Bombeamento (Ebats) acumulam nível de água suficiente para retomar o bombeamento, caso contrário os motores queimam. Como regra, a água que chega à rede pública vai sendo consumida primeiro nas áreas próximas às estações, podendo demorar mais para chegar até as partes altas e as extremidades da canalização.

Aspecto da água – A água poderá retornar turva ou não transparente devido ao arraste de micropartículas inertes e não prejudiciais à saúde, que eventualmente, pela pressão, se soltam das paredes internas da canalização. Para solicitar lavagem da rede ou do ramal predial, ligue 156, opção 2. (PMPA)