Foto: lex Rocha/PMPA

Mais de 50% da população acima de 18 anos já foi vacinada contra o coronavírus em Porto Alegre

Na tarde desta quarta, o Vacinômetro registrava mais de 552 mil primeiras doses aplicadas na Capital

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Porto Alegre ultrapassou nesta quarta-feira (09), Dia Mundial da Imunização, a marca de 50% da população vacinável (pessoas com 18 anos ou mais) com pelo menos uma dose de vacina contra a Covid-19 recebida.

Na tarde desta quarta, o Vacinômetro registrava mais de 552 mil primeiras doses aplicadas, o que equivale a 50,03% de um público estimado em 1.101.717 cidadãos. Com esquema completo, ou seja, com duas doses recebidas, haviam mais de 317,5 mil pessoas (28,77%).

“Neste Dia Mundial da Vacinação, Porto Alegre atingiu a marca de mais da metade da população imunizada com a primeira dose. Estamos preparados para vacinar os outros 50% dos porto-alegrenses. Nossa gratidão a todos os servidores e parceiros envolvidos na vacinação. Estamos trabalhando duramente para retornamos à normalidade o mais rápido possível”, afirmou o prefeito Sebastião Melo.

Grupos prioritários

Os dados do Vacinômetro demonstram ainda que os grupos etários ou elencados por exposição ao risco ultrapassaram a meta inicial de 90% de vacinação, com exceção das gestantes e puérperas, cuja imunização é recomendada com restrições pelo Ministério da Saúde, e das pessoas com menos de 60 anos, cuja vacinação iniciou há poucos dias.

“Estamos avançando cada vez mais, em um esforço intenso e ininterrupto para proteger os cidadãos de Porto Alegre contra os efeitos da Covid-19″, disse o secretário de Saúde da Capital, Mauro Sparta.

Ranking 

Os números positivos de Porto Alegre também são verificados no LocalizaSUS, sistema de informações do governo federal. A Capital gaúcha lidera o ranking das 27 capitais em relação a segundas doses da vacina, com 20,64% da população imunizada.

O sistema federal indica que Porto Alegre está atrás apenas de Vitória (ES) quando o ranking trata de primeiras doses. São 35,52%, enquanto a capital capixaba tem registro de 43,19% da população com ao menos uma dose de vacina recebida.

Fonte: O Sul