Foto: Maiara Rauber/MST

MST doará alimentos para produção de 5,3 mil marmitas destinadas à periferia de Porto Alegre

Ao todo, o MST já doou mais de 5 mil toneladas de alimentos e 1 milhão de marmitas por todo o Brasil

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Do Sul21

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra realiza, neste sábado (10), em Porto Alegre, uma nova doação de alimentos para a produção de 5,3 mil marmitas, que serão destinadas a famílias da periferia de Porto Alegre. A ação integra a campanha nacional que o MST vem realizando desde o ano passado para ajudar a enfrentar o problema da fome em meio à pandemia de covid-19. Ao todo, o MST já doou mais de 5 mil toneladas de alimentos e 1 milhão de marmitas por todo o Brasil.

Um drive-thru será montado em frente ao Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (SIMPA) às 9 horas, para a produção simbólica de 300 marmitas, que serão entregues por motoqueiros parceiros às famílias em situação de vulnerabilidade social das comunidades da capital. Os motoqueiros, que ajudarão na entrega das marmitas, receberão kits com alimentos da Reforma Agrária, como forma de reforçar a importância da união entre o campo e a cidade. Esses kits são uma doação da Cooperativa Terra Livre, de Nova Santa Rita, e não estão contabilizados nos produtos destinados às marmitas. Segundo o MST, essa atividade representa também um contraponto à presença do presidente Jair Bolsonaro no Rio Grande do Sul neste final de semana.

“Estamos vivendo uma crise política, econômica e social no nosso país. E o nosso governo só pensa em lucrar em cima da vida dos brasileiros, por isso atingimos a marca de mais de 530 mil mortes pela Covid 19 . Enquanto o presidente Bolsonaro faz motociata sem máscara, nós dos movimentos sociais, as centrais sindicais e a Frente Brasil Popular vamos realizar doação de alimentos saudáveis”, diz Geronimo da Silva, da direção estadual do MST no Rio Grande do Sul.

Solidariedade Sem Terra

A campanha Solidariedade Sem Terra, da Cooperativa Terra Livre, completa dois meses. Nesse tempo já foram arrecadados em torno de R$ 2.471,00. Esse valor será destinado ao pagamento dos 30 kits que serão doados para os motoqueiros e mais uma porcentagem de arroz orgânico entregue às 25 cozinhas que produzirão as marmitas. Dentre os alimentos doados estão arroz orgânico, feijão, mandioca, farinha de trigo e milho, açúcar, sal, azeite, café e mel.

Djones Zucolotto, do setor de comercialização da Terra Livre, destaca a importância da união com os consumidores e parceiros para ajudar aos que mais precisam. “Estamos trabalhando assiduamente junto com as outras cooperativas e famílias do MST para compartilhar nossos alimentos. A nossa campanha de solidariedade disponibiliza uma plataforma para os nossos clientes colaborarem como podem, e essa doação é convertida em alimentação ou material necessário para as pessoas que estão passando necessidade nas comunidades, principalmente aqui da região Metropolitana de Porto Alegre”, assinala.

*Com informações do MST-RS