Foto: Joel Vargas / PMPA

Prefeitura de Porto Alegre pede ao governo federal a doação de prédio da Usina do Gasômetro

Prefeito Sebastião Melo se encontrou com presidente da República no sábado

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A Prefeitura de Porto Alegre solicita ao Governo Federal a doação do prédio da Usina do Gasômetro ao Município. O imóvel pertence à Eletrobras. Um ofício com o pedido foi entregue pelo prefeito Sebastião Melo ao presidente Jair Bolsonaro durante encontro neste sábado, 10, na Capital.

A preocupação do Executivo é com o futuro de um dos cartões postais da capital gaúcha, já que a Eletrobras – proprietária do imóvel – está no Programa Nacional de Desestatização do governo federal. Em 1982, o prédio foi cedido por tempo indeterminado ao Município. “A Usina do Gasômetro é um dos espaços culturais com maior simbolismo da nossa cidade, por isso entregamos esse pedido de doação pessoalmente ao presidente Jair Bolsonaro”, salienta o prefeito.

“Atualmente em reforma e modernização por parte do Município, estuda-se transformar a Usina do Gasômetro em um novo marco de inovação e desenvolvimento da cidade”, afirma o secretário municipal de Administração e Patrimônio, André Barbosa.

Revitalização – A Usina do Gasômetro passa pela maior intervenção desde sua construção, em 1928. O investimento é de mais de R$ 13, 9 milhões e tem prazo de conclusão para o primeiro semestre de 2022.

A obra, executada pelo Consórcio RAC/Arquibrasil, entregará equipamentos modernos, mantendo a essência de exibição de espetáculos experimentais, com diversas áreas de exposição, foyer e espaços multiusos, sala de dança e áreas técnicas.

Para maior segurança, está prevista a modernização da infraestrutura do prédio, contando com espaços 100% acessíveis. Trará ainda assentos e pergolados para apreciar a vista do Guaíba, duas novas escadas, restaurante com vista panorâmica no quarto andar e café com vista para a Rua da Praia.

“Estudei a Usina do Gasômetro na minha dissertação de mestrado nos anos 1990 e colaborei na elaboração do memorial. A usina é a joia da orla, coração da cidade”, diz o secretário municipal da Cultura, Gunter Axt.

PMPA