“Teste de anticorpos é jogar dinheiro fora”, diz médico sobre covid – Porto Alegre 24 horas

“Teste de anticorpos é jogar dinheiro fora”, diz médico sobre covid

Segundo epidemiologista, teste dá falsa sensação de segurança
Foto: Freepik

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O teste de anticorpos IgG de covid-19 feito em farmácias fornece o resultado em cerca de 15 a 20 minutos. O que confere uma certa segurança para uns é visto sem serventia por alguns médicos. Para o epidemiologista e professor da Faculdade de Medicina da USP Paulo Lotufo, é “jogar dinheiro fora”.

“A pessoa que foi fazer o teste, a única coisa que posso dizer é que jogou dinheiro fora. Ela fez uma ação inútil, desnecessária e pior: que vai dar a ela uma falsa segurança. O vírus não está no nosso corpo para dar imunidade, e sim para se replicar, a imunidade é secundária”, disse ele em entrevista à CNN.

O médico lembra que esse tipo de exame dá falsos positivos. “Isso a gente sabe desde sempre para todas as doenças”, afirma.

A fala do médico vem um dia depois de o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dizer que decidiu não tomar a vacina contra a covid-19 por já ter sido infectado com o vírus, portanto, a vacinação, na visão dele, seria desnecessária.

“Eu estou vendo novos estudos, eu tô com a minha imunização lá em cima, IgG tá 990, pra quê vou tomar a vacina?”, questionou o presidente em entrevista à Jovem Pan.

“Seria a mesma coisa que você jogar na loteria R$ 10 para ganhar R$ 2. Não tem cabimento isso daí”, afirmou.

Lotufo ressaltou que a vacinação é a melhor forma de ganhar imunidade contra o novo coronavírus. “A vacina [serve] para que a nossa resposta seja máxima. Não há como comparar a infecção natural com a vacina”, disse Lotufo.

Fonte Catraca Livre

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade